A tragédia do Rio Paranapanema: mergulhadores encontram as 4 vítimas - sudoestepaulista

A tragédia do Rio Paranapanema: mergulhadores encontram as 4 vítimas

Buscas tiveram início na sexta a tarde e encerraram hoje, as 10h.

Eram aproximadas 10h desta segunda-feira, 30, quando os mergulhadores do Corpo de Bombeiros de Ourinhos encontraram a última vítima da tragédia do Rio Paranapanema: o herói que tentou salvar uma das crianças.


A redação do Portal do Sudoeste Paulista em contato no final da tarde de hoje, com a estação dos bombeiros obteve as informações de que uma das crianças, de 12 anos, fora encontrada neste domingo e hoje, dia 30, pela manhã, os corpos da criança de 5 anos e do homem de Ourinhos, localizados boiando.


Os corpos das vítimas foram encontrados cerca de 6 quilômetros do local onde se afogaram. A criança encontrada hoje por volta das 9:30h e o homem que tentou salvá-la, encontrado próximo, meia hora depois.


A tragédia aconteceu na sexta-feira, 27, as 16h, em acordo com as informações também dos bombeiros de Ourinhos. Uma hora após os fatos, as buscas já haviam sido iniciadas e logo o corpo do tio das crianças foi localizado, no mesmo local onde teria afundado.


O caso fica marcado como a tragédia do Rio Paranapanema, onde um casal de ourinhenses levou seus sobrinhos paulistanos, de passeio familiar em Ourinhos, para visitar o Rio Paranapanema. Entre a ponte pênsil e a de concreto, as duas crianças, um tio e um homem de Ourinhos que pulou de cima da ponte na tentativa de ajudar, morreram afogados.

A tragédia do Rio Paranapanema: mergulhadores encontram as 4 vítimas - sudoestepaulista

Imagens extraídas do Google Maps, acima e abaixo, do local onde a tragédia aconteceu

A tragédia do Rio Paranapanema: mergulhadores encontram as 4 vítimas - sudoestepaulista

SS Consultoria

Cegarra Imóveis

BOM DA PESCA

Santa Cruz – Funerária

CASA DO MECÂNICO

ADS

Meines

BELLA PIZZA

Modelar Box

LPNET

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *