Avareense vítima de furto investiga por conta própria e recupera animais - sudoestepaulista

Avareense vítima de furto investiga por conta própria e recupera animais

Um cavalo e uma mula forma encontrados próximo a cidade de Itaí.

.

Após investigar por conta própria o sumiço de dois animais de sua propriedade, ocorrido no dia 24 de dezembro passado, um avareense conseguiu localizar seus bens e com o auxílio da Polícia Militar, recuperou os bichos que estavam escondidos entre os bairros Quinta dos Cambarás e Serrito, município de Itaí.

 

Em consonância com as informações fornecidas pelo 53º BPM/I, por volta das 18:35h, desta segunda-feira, 7, os policiais junto da vítima, a qual estava de posse do Boletim de Ocorrências, descrevendo o furto de um cavalo pampa e de uma mula de sua propriedade, disse aos policiais que uma informação o levou até o local onde estaria os animais.

 

Segundo as informações obtidas pela vítima, ao saber que seus animais estavam pastando nas proximidades da represa, foi a procura e após alguns dias conseguiu localiza-los, próximo à Rodovia SP-255, no Bairro Serrito.

 

Mediante a situação, os policiais militares realizaram contato com moradores locais e conseguiram chegar a um indivíduo que informou aos PMs que toma conta de algumas terras e que é constante pessoas cortarem as cercas e soltarem animais no local.

 

De acordo com o homem, as terras são divididas pelo Ribeirão dos Carrapatos e os animais abandonados ficam atravessando as águas e invadindo as terras locais.

 

Juntamente com as partes envolvidas, os animais foram recolhidos e transportados por um caminhão até o plantão policial de Taquarituba, onde os procedimentos de praxe foram realizados e conseguinte os animais foram entregues ao proprietário.

Avareense vítima de furto investiga por conta própria e recupera animais - sudoestepaulista

Cegarra Imóveis

BOM DA PESCA

Santa Cruz – Funerária

CASA DO MECÂNICO

ADS

Meines

BELLA PIZZA

Modelar Box

LPNET

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *