Bombeiros de Avaré, Itaí, Itatinga e Piraju recebem treinamento de técnicas de abordagem a suicidas - sudoestepaulista

Bombeiros de Avaré, Itaí, Itatinga e Piraju recebem treinamento de técnicas de abordagem a suicidas

Evento foi realizado no quartel de Bombeiros de Botucatu e contou a presença de Bombeiros, SAMU, Defesa Civil e GCM de 10 municípios da região e entorno.

.

O trabalho de um bombeiro vai muito além de combater incêndios e socorridos acidentados; exemplos não faltam, como salvamento de animais e até casos em que têm de lidar com delicadas situações humanos, envolvendo transtornos severos, um deles, a depressão que leva a pessoa, muitas vezes ao suicídio.

 

O assunto é um grande tabu para sociedade, mas que deve ser encarado pelas lideranças e autoridades. Pensando nisso, nesta terça-feira, 10, foi realizado o Treinamento de Técnicas de Abordagem a Suicidas no quartel de Bombeiros de Botucatu.

 

O treinamento teve duração de 8 horas, sendo abordados diversos assuntos relacionados ao atendimento de ocorrências envolvendo potenciais suicidas, com exemplo, maneiras de se portar e abordar pessoas sob grande pressão.

 

O treinamento é de grande importância, pois observa-se que esse tipo atendimento vem crescendo demasiadamente nos últimos anos.

 

De Itatinga, participaram do evento como instrutores o 1º Sargento Rogério e o BM Inoue e como alunos o soldado Villar, BM Moreira e GCM Trindade.

 

Participaram deste importante treinamento bombeiros das cidades de Itaí, Avaré, Botucatu, Itatinga, Piraju, Itapetininga, Porto Feliz, Sorocaba, SAMU de Botucatu, defesa Civil de Botucatu, GCM de Itatinga e Botucatu.

Bombeiros de Avaré, Itaí, Itatinga e Piraju recebem treinamento de técnicas de abordagem a suicidas - sudoestepaulista Bombeiros de Avaré, Itaí, Itatinga e Piraju recebem treinamento de técnicas de abordagem a suicidas - sudoestepaulista

SS Consultoria

Cegarra Imóveis

BOM DA PESCA

Santa Cruz – Funerária

CASA DO MECÂNICO

ADS

Meines

BELLA PIZZA

Modelar Box

LPNET

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *