Bombeiros procuram por itaiense que desapareceu próximo a ribeirão durante forte chuva - sudoestepaulista

Bombeiros procuram por itaiense que desapareceu próximo a ribeirão durante forte chuva

Testemunhas relatam que Ismael Ribeiro teve um surto psicótico antes de desaparecer.

.

Um homem morador do Jardim Planalto, em Itaí, está desaparecido deste o início da noite desta segunda-feira, 2. Ele foi visto pela última vez, próximo ao Ribeirão dos Carrapatos, que margeia o bairro.


De acordo com o comandante da Estação de Bombeiros de Itaí, o Sargento Monteiro, relatos de testemunhas dizem que o itaiense de 40 anos, Ismael Ribeiro de Almeida, após um surto de distúrbio psicótico, desapareceu em meio a mata e o ribeirão que corta a Rodovia SP-255.


Eram 18:30h quando Ismael foi visto pela última vez, trajando bermuda bege, camiseta cinza, de boné preto e descalço. Segundo o comandante Monteiro, chovia muito nesse horário, provocando forte correnteza no ribeirão.


As buscas estiveram até o início da noite de hoje, quando foram interrompidas, concentradas nas margens do ribeirão que desemboca a algumas dezenas de metros a frente, nas águas da Represa Jurumirim, que estão muito baixas, diga-se de passagem.


As buscas prosseguem amanhã, no início do dia, como informou o comandante Monteiro.

 

Confira mais imagens abaixo:

Bombeiros procuram por itaiense que desapareceu próximo a ribeirão durante forte chuva - sudoestepaulistaDesaparecimento de itaiense mobiliza Corpo de Bombeiros
Bombeiros procuram por itaiense que desapareceu próximo a ribeirão durante forte chuva - sudoestepaulistaTemporada de chuvas deixa o Ribeirão dos Carrapatos, em Itaí, com bastante volume de águas
Bombeiros procuram por itaiense que desapareceu próximo a ribeirão durante forte chuva - sudoestepaulistaItaiense está desaparecido há mais de 24 horas

SS Consultoria

Cegarra Imóveis

BOM DA PESCA

Santa Cruz – Funerária

CASA DO MECÂNICO

ADS

Meines

BELLA PIZZA

Modelar Box

LPNET

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *