Canalha: após filhote ser flagrado sob maus-tratos, dono desaparece com o animal - sudoestepaulista

Canalha: após filhote ser flagrado sob maus-tratos, dono desaparece com o animal

Homem foi preso em flagrante em área da zona rural de Fartura. Vejo o vídeo.

Um homem de 63 anos foi preso na tarde de terça-feira, dia 28, por maus-tratos contra um filhote de cachorro, que foi encontrado machucado, sem alimentos e em meio a sujeira no local onde era deixado, na zona rural de Fartura, no bairro Barra Seca.

De acordo com a Polícia Civil, um perito e um fotógrafo do IC de Avaré foram até um sítio para realizar perícia relacionada a furto qualificado e ouviram choros de cachorro. Ao se aproximarem da residência, viram um cercado de tijolos e em seu interior um filhote com uma das patas traseira ferida, bem como sem alimento e em meio a fezes secas. A equipe registrou o fato com foto e vídeo.

Questionado sobre a situação, o morador alegou que o animal não lhe pertencia e que um caminhão havia passado sobre sua pata na manhã daquele dia. Como não conhecia o indivíduo e por estar distante da zona urbana, em área de difícil acesso a rede de telefonia móvel, a equipe do IC foi se deslocou até à Delegacia de Fartura e comunicou o ocorrido.

Segundo o boletim de ocorrência, um investigador e os policiais do IC retornaram à propriedade rural e não encontraram mais o filhote e, em princípio, nem o morador. Porém, quando retornavam para a cidade, o mesmo foi localizado. Ele disse aos policiais que tinha levado o animal para ficar sob os cuidados de um vizinho.

Os policiais então estiveram no local informado, porém o proprietário negou que tivesse recebido o cachorro. O autor então foi novamente inquirido e relatou que “nada sabia sobre o animal e que não daria para recuperá-lo”. Ele foi levado até à Delegacia de Fartura, onde foi autuado em flagrante por maus-tratos.

O preso foi removido para a Unidade de Transição de Piraju e aguarda a audiência de custódia. Se a privação de liberdade for mantida, ele será transferido para o CDP (Centro de Detenção Provisória) de Cerqueira César.

Segundo a Delegacia de Fartura, a pena para o crime cometido pelo autuado vai de 2 a cinco anos de reclusão, acompanhada de multa.

 

Vídeo mostra o estado deplorável do filhote

Cegarra Imóveis

BOM DA PESCA

Santa Cruz – Funerária

CASA DO MECÂNICO

ADS

Meines

BELLA PIZZA

Modelar Box

LPNET

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *