Censo 2022: a exemplo de todo o país, recenseadores já estão nas ruas de Avaré - sudoestepaulista

Censo 2022: a exemplo de todo o país, recenseadores já estão nas ruas de Avaré

IBGE pede que moradores recebam os profissionais; pesquisa é importante para compor panorama sobre realidade brasileira

O Censo 2022 teve início na segunda-feira, 1º de agosto, em todo o Brasil. A equipe de Avaré é composta por 81 recenseadores, 9 supervisores e 1 agente de informática.


A pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) é feita a partir de entrevistas com moradores da área urbana e rural.


O levantamento é importante para compor um panorama sobre realidade do povo brasileiro, subsidiando políticas públicas e investimentos do setor privado.


Identificação

Os recenseadores estão identificados com crachá com foto, colete e boné. Em caso de dúvida, o morador pode checar a identidade do entrevistador pelo telefone 0800 721 8181.


O crachá do recenseador tem ainda um QR CODE onde é possível consultar a identidade do profissional. Outras dúvidas podem ser verificadas no respondendo.ibge.gov.br.


Em caso de dúvida, o morador de Avaré pode ainda se dirigir ao posto de coleta localizado na Casa do Cidadão (Rua Bahia, nº 1580). O atendimento ao público é das 8 às 17 horas.


Entrevistas

O questionário básico leva em torno de 5 minutos para ser respondido. Já o questionário da amostra, um pouco mais detalhado, demora de 15 a 18 minutos para ser concluído.


As informações coletadas durante a entrevista nas residências são registradas no DMC (Dispositivo Móvel de Coleta).


“Receba os recenseadores do IBGE e colabore com as informações necessárias para retratarmos a nossa realidade, a fim de que possamos subsidiar a população, os gestores públicos, investidores e também outros países com o fiel retrato de nosso país”, ressalta Gustavo Benini Nucci, coordenador censitário do IBGE.

Cegarra Imóveis

BOM DA PESCA

Santa Cruz – Funerária

CASA DO MECÂNICO

ADS

Meines

BELLA PIZZA

Modelar Box

LPNET

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *