Cinco presos e oito quilos e meio de drogas apreendidos durante operação da Polícia Civil em Piraju - sudoestepaulista

Cinco presos e oito quilos e meio de drogas apreendidos durante operação da Polícia Civil em Piraju

Participaram policiais da cidade e região, com o apoio da DIG, GOE, DISE de Avaré e dos Canis da Penitenciária I de Avaré e Guarda Civil Municipal de Itararé.

Três homens e duas mulheres, com idade entre 23 e 50 anos, foram presos em flagrante na manhã desta segunda-feira, dia 8/5, no município de Piraju, durante a deflagração da segunda fase da “Operação Top Down”, coordenada pela Polícia Civil da cidade com o objetivo de reprimir a prática do crime de tráfico de entorpecentes e associação criminosa para esse fim.


A ação resultou na localização e apreensão de mais de oito quilos de drogas, a maior parte cocaína. Os agentes ainda apreenderam materiais utilizados para o preparo e comércio ilegal de entorpecentes, entre os quais, sacos plásticos e balanças de precisão, além de uma máquina de cartão de crédito/débito, cadernos com anotações alusivas ao crime, cerca de R$ 1,5 mil e mais de uma dezena de telefones celulares.


Segundo a Delegacia de Polícia da cidade foram cumpridos 13 mandados de busca e apreensão domiciliar em imóveis ocupados por integrantes de uma associação criminosa que atuava em Piraju e em municípios vizinhos. As buscas contaram com o auxílio de cães farejadores. Estiveram envolvidos na operação 67 policiais civis e 28 viaturas.


Os presos estão provisoriamente custodiados na Cadeia Pública de Piraju, onde permanecerão até o desfecho das audiências de custódia. Caso a privação de liberdade seja mantida pelo Judiciário, os indiciados deverão ter como destino o Centro de Detenção Provisória de Cerqueira César e a Penitenciária Feminina de Pirajuí.


A Polícia Civil encaminhará os telefones celulares apreendidos para a perícia técnica a fim de tentar obter mais informações a respeito da atividade ilegal do grupo. As drogas serão incineradas após autorização judicial.


Participaram da operação policiais civis de Piraju e região, com o apoio da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), Grupo de Operações Especiais (GOE) e Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (DISE) de Avaré, bem como do Canil da Penitenciária I de Avaré e Guarda Civil Municipal de Itararé.


DESDOBRAMENTO – A ação ocorreu como desdobramento de investigação iniciada em Piraju entre os anos de 2020 e 2021. Nessa época, a Polícia Civil prendeu o líder do grupo, o qual foi condenado pela Justiça em primeira instância e atualmente se encontra preso na Penitenciária de Getulina.


Ainda de acordo com a Delegacia de Piraju, mesmo encarcerado, o investigado continuou exercendo influência sobre o tráfico de entorpecentes no município, principalmente para o surgimento de novos membros e a reorganização do grupo para a prática criminosa.


Durante a investigação foi possível constatar que a droga distribuída pelo grupo era retirada em Sorocaba. Também foi possível individualizar detalhadamente a conduta de cada membro. Havia, por exemplo, diversificação na forma de venda de entorpecentes: um se passava por entregador de fast food para fazer entregas, outro vendia em festas e outro comercializava na barbearia em que trabalhava.

Cegarra Imóveis

BOM DA PESCA

Santa Cruz – Funerária

CASA DO MECÂNICO

ADS

Meines

BELLA PIZZA

Modelar Box

LPNET

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *