Com muita grana no carro, homem não consegue explicar origem e vai preso por lavagem de dinheiro - sudoestepaulista

Com muita grana no carro, homem não consegue explicar origem e vai preso por lavagem de dinheiro

No automóvel do suspeito patrulheiros do TOR encontraram mais de R$ 85 mil.

Patrulheiros do TOR, mais uma vez contaram com o nervosismo típico de quem está fazendo algo errado, para flagrar, nesta segunda-feira, 3, um homem transportando mais de R$ 85 mil em espécie, sem a devida comprovação legal.

Em consonância com as informações repassadas pelo Tático Ostensivo Rodoviário, durante patrulha pela SP 280, Rodovia Presidente Castello Branco, a equipe abordou, no km 208, na praça de pedágios, próximo às 19:30h, o veículo com placas de Sumaré/SP, após o condutor apresentar certo desconforto com a presença da equipe enquanto efetuava o pagamento da tarifa.

Abordado e identificado, GPB, de 38 anos, se enrolou com os questionamentos referente à viagem que fazia. Primeiramente alegou que foi realizar um serviço de manutenção, porém, devido ao tempo alegado por ele que ficou na cidade, ficou claro ser pouco tempo para realização de qualquer trabalho que demandasse uma viagem longa.

Após isso, mudou a versão e informou que teria ido até Ourinhos/SP a fim de receber R$ 16.000,00 de um primo, referente a venda de um automóvel, porém não localizou o parente e nem fez contato com tal pessoa antes da viagem, nem por ligação telefônica, nem por meio de aplicativo de mensagens. Sobre a localização da residência do primo, o abordado disse que não sabe o endereço, apenas que é próximo a linha férrea, ao lado de uma praça.

Devido a essas inconsistências nas alegações, a Equipe do Tático decidiu por uma busca veicular minuciosa, onde foram localizados dois pacotes em uma sacola plástica contendo grande quantidade de dinheiro. Após contabilizado, chegou-se a importância de R$ 85.167,00.

Dentro do veículo, no console, ainda foram localizados R$ 127,00. Questionado a respeito do dinheiro localizado, o abordado alegou que seria de uma divisão de sociedade com um ex-sócio e essa seria sua parte, mas que não efetuou depósito bancário, preferindo deixá-lo no carro.

Com tantas justificativas infundadas o homem de Sumaré/SP não conseguiu convencer os policiais sobre a licitude do dinheiro e acabou preso em flagrante pelo cometimento do crime de Lavagem dinheiro, conforme a lei nº 9613/98, sendo sua conduta criminosa constante no artigo 1º, § 1º, inciso II.

A ocorrência foi encaminhada à delegacia de plantão de Botucatu, onde foi lavrado o registro do flagrante. O total em dinheiro, R$ 85.294,00, um aparelho celular e o automóvel foram apreendidos e o preso, recolhido à carceragem local, pelo menos até a audiência de custódia.

Com muita grana no carro, homem não consegue explicar origem e vai preso por lavagem de dinheiro - sudoestepaulistaHomem deu várias versões sobre a origem do dinheiro, mas nenhuma convenceu o TOR

SS Consultoria

Cegarra Imóveis

BOM DA PESCA

Santa Cruz – Funerária

CASA DO MECÂNICO

ADS

Meines

BELLA PIZZA

Modelar Box

LPNET

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *