Comerciante de Fartura leva tiro na nuca durante tentativa de assalto - sudoestepaulista

Comerciante de Fartura leva tiro na nuca durante tentativa de assalto

Um adulto e um menor foram presos. Tiro que pegou de raspão, ainda acertou a orelha da vítima.

Um comerciante, morador na Rua Vitória Furlan, na Vila Manoel Moreno, mais precisamente nas proximidades do Cemitério Municipal, literalmente escapou da morte ao levar um tiro, durante uma tentativa de assalto.

De acordo com Boletim de Ocorrências que o Portal do Sudoeste Paulista teve acesso, por volta das 07:40hs, dessa terça-feira, 26, o comerciante C.D.C., de 23 anos, ao sair de casa para trabalhar, foi surpreendido por dois indivíduos. Um deles que portava um revólver anunciou o assalto.

Ao levantar as mãos em típico sinal de rendição, o covarde ladrão disparou um tiro que acertou sua orelha direita e a nuca, por muita sorte, de raspão.

Provavelmente assustados, os ladrões saíram correndo. A vítima relata que conseguiu notar, do outro lado da rua, um outro homem, que observada os acontecimentos. Assim que pode, o comerciante acionou a Polícia Militar.

Durante atendimento no Pronto Socorro local, a vítima ao relatar os fatos um “conhecido” que ouvia suas declarações e descrições dos suspeitos, notou semelhança em três indivíduos que os viu, horas antes da tentativa de assalto, passar em frente sua residência, sendo possível identificar um deles.

De posse das características dos suspeitos e a informação de que teriam sido vistos num veículo GM/Zafira Expression, cor preto, uma equipe da Polícia Militar que se dirigia até Fartura em apoio a ocorrência, defrontou com o carro saindo da cidade, com sentido a vizinha Sarutaiá.

Os policiais retornaram e seguiram o veículo que tentou fugir, mas acabou abordado, curiosamente, defronte a Delegacia de Polícia de Sarutaiá.

No carro estavam J.L.B.S., de 36 anos, junto do adolescente L.G.S.S., de 16 anos. O adulto e autor do disparo foi preso e encaminhado à Cadeia Pública de Piraju e o adolescente foi levado para a Fundação CASA de Cerqueira César.

Atente-se aos fatos de que existe a suspeito de um terceiro homem envolvido no crime, como também a arma utilizada não foi encontrada ou esse “detalhe” não foi descrito no Boletim de Ocorrências. A Polícia Civil investiga o caso.

Cegarra Imóveis

BOM DA PESCA

Santa Cruz – Funerária

CASA DO MECÂNICO

ADS

Meines

BELLA PIZZA

Modelar Box

LPNET

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *