Cuidadora e comparsa assaltam casa de idosa que nervosa acaba em morte cerebral - sudoestepaulista

Cuidadora e comparsa assaltam casa de idosa que nervosa acaba em morte cerebral

Caso aconteceu em Itaporanga. Um dos autores fugiu para o município de Buri.

A Polícia Militar desvendou um roubo ocorrido na manhã desta quarta-feira, 9, as 08:5hs, a uma residência de uma idosa localizada no centro de Itaporanga. Após ser ameaçada e roubada, o estresse causado na senhora de 88 anos culminou em um AVC que provocou sua morte cerebral.

Em consonâncias com as informações fornecidas pelo 53º BPM/I, logo após ser roubada a senhora conseguiu pedir ajuda e relatar aos policias que um indivíduo desconhecido entrou em sua casa enquanto ela dormia. Após anunciar o roubo o marginal a ameaçou dizendo que era para ela ficar quieta, que ele só queria o dinheiro e se falasse algo, ele a mataria.

Após o crime, diante da situação de estresse a que foi submetida, a idosa de 88 anos passou mal e teve que ser socorrida pela viatura policial até o Pronto Socorro local. Por conta da gravidade da situação, a vítima foi entubada e permaneceu sob cuidados médicos, mas infelizmente seu quadro de saúde se agravou e acabou sofrendo um derrame cerebral que acabou culminando em morte cerebral.

Na busca pelos criminosos a Policia Miliar passou a observar as casas que possuíam câmeras de segurança nas proximidades e na casa da frente, os policiais souberam que as câmeras registraram os malditos bandidos.

Nas imagens os policiais puderam ver um casal entrando na casa da vítima. De posse das características, por volta das 11:10hs, a PM localizou a mulher que aparecia nas imagens, tentando fugir da cidade.

Em princípio ela negou a participação no roubo, contudo, suas negativas não convenceram os policiais e, vendo que não conseguiria mais esconder a verdade, acabou por confessar sua participação no roubo junto de seu comparsa.

A criminosa também contou que roubaram cerca de R$ 900,00 em dinheiro e com o cartão da vítima, foram até o banco e sacaram mais R$ 2.000,00.

A mulher que já havia sido cuidadora da idosa, ainda relatou que o dinheiro foi divido entre ela e o homem, que já foi identificado e sabido que fugiu em um táxi para a cidade de Buri. Os policiais entraram em contato a fim de alertar a equipe daquela cidade e constataram que esse criminoso já possui várias passagens pela polícia, inclusive por roubo.

Com tais informações, os policiais de Buri iniciaram a procura pelo criminoso, mas até o desfecho da ocorrência e o fechamento desta pauta, não havia sido localizado, entretanto, sua prisão preventiva já foi decretada pela Justiça.

Em revista nos pertences da ladra, dentro da sua carteira, foram localizados R$ 1.465, divididos em duas quantias, sendo uma de 1 mil reais, que seria a parte dividida do saque bancário e a outra de 465,00 reais que seria parte do dinheiro subtraído da casa da idosa.

A ladra de 44 anos foi conduzida até o Plantão Policial onde permaneceu presa, à disposição da justiça.

SS Consultoria

Cegarra Imóveis

BOM DA PESCA

Santa Cruz – Funerária

CASA DO MECÂNICO

ADS

Meines

BELLA PIZZA

Modelar Box

LPNET

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *