Durante saídas e visita em CPP: detentos com celulares no estômago e mulher com maconha na vagina - sudoestepaulista

Durante saídas e visita em CPP: detentos com celulares no estômago e mulher com maconha na vagina

As drogas e equipamentos eletrônicos foram encaminhados à Polícia Civil para registro de boletim de ocorrência.

.

Seis detentos foram barrados quando retornavam do trabalho externo, na semana passada, com drogas e produtos eletrônicos no estômago. No Centro de Progressão Penitenciária (CPP) II “Dr. Eduardo de Oliveira Vianna” de Bauru, cinco presos foram descobertos com maconha no interior do corpo.


No total, os agentes de segurança apreenderam 35 porções da droga. Um dos reclusos, ao ser flagrado, tentou fugir, sem sucesso.


Já o CPP I “Dr. Alberto Brocchieri” registrou uma ocorrência em que o reeducando havia engolido dois minicelulares e dois fones de ouvido. Nos casos registrados em ambas as unidades, os detentos conseguiram expelir os objetos ilícitos sem a necessidade de intervenção cirúrgica.


As drogas e equipamentos eletrônicos foram encaminhados à Polícia Civil para registro de boletim de ocorrência. A direção de cada estabelecimento penal instaurou procedimento interno disciplinar, que deverá culminar com a regressão dos detentos para o regime fechado.


VISITANTE


No sábado (20), uma mulher que visitaria o marido no CPP II de Bauru foi flagrada pelo escâner corporal com imagem suspeita na região pélvica. Questionada, ela negou qualquer irregularidade.


Portanto, como de praxe, precisou ser encaminhada ao hospital para a realização de exame de raio-X. Após o procedimento, a equipe médica constatou que havia um objeto estranho no interior do corpo da mulher. Ela, então, assumiu que estava portando droga e, de forma espontânea, retirou uma porção de maconha de sua vagina.


PEDRA DE CRACK


Durante vistoria em encomendas que chegam aos sentenciados da Penitenciária “Valentim Alves da Silva” de Álvaro de Carvalho, na semana passada, agentes de segurança flagraram, em uma caixa de papelão enviada pela companheira de um detento, uma pedra de crack.


A droga foi apreendida e encaminhada à Delegacia da Polícia Civil para o registro de um boletim de ocorrência. A direção da unidade prisional instaurou um procedimento interno para apurar o caso.

Durante saídas e visita em CPP: detentos com celulares no estômago e mulher com maconha na vagina - sudoestepaulistaDetento do CPP I de Bauru expeliu dois mini celulares e dois fones de ouvido- fotos SAP/Divulgação

Cegarra Imóveis

BOM DA PESCA

Santa Cruz – Funerária

ADS

HOMEBASE

Meines

Modelar Box

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *