CORREÇÃO: Escolas estaduais de Avaré sofrem com a ação de alunos desajustados; pais estão preocupados - sudoestepaulista

CORREÇÃO: Escolas estaduais de Avaré sofrem com a ação de alunos desajustados; pais estão preocupados

Professores sofrem agressões, brigas dentro de salas e incapacidade de docentes em atuar ante ao grave problema tem chamado a atenção da PM e da imprensa ativista.

Com o retorno às aulas, após praticamente dois anos de paralisação devido a pandemia da peste chinesa, principalmente as escolas estaduais de Avaré, vêm enfrentando um grave problema: a rebeldia de alguns alunos, verdadeiros delinquentes e desajustados que prejudicam o trabalho de professores que por sua vez, não conseguem controlar ou impor disciplina em sala de aula, fazendo de reféns os alunos de bom comportamento.


O problema não é generalizado mas é sério e parte considerável das salas de aulas das escolas estaduais de Avaré, enfrentam problemas graves de indisciplina escolar. Mediante a situação tanto Policia Militar, quanto imprensa, no caso o Portal do Sudoeste Paulista (que denuncia), têm se esforçado para mitigar o problema.


Há relatos de alunos jogando sapatos na cara de professor, de alunos brigando dentro da sala de aula, de professores desanimados e desestimulados que não mais aplicam as lições e as constantes e praticamente diárias brigas na porta das escolas envolvendo alunos, atormentam os pais que não se omitem quanto a educação de seus filhos.


A coordenadoria regional de ensino tem a obrigação moral de acionar o Conselho Tutelar, o que até o momento não ocorre e as “farras” são cada dia mais frequentes e piores, levando a pais a terem de retirar seus filhos de algumas escolas. O problema é grave! Até tráfico de drogas já foi registrado dentro de uma escola estadual.


Além do Proerd que atua junto as escolas num esforço proativo de combate às drogas, uma série de palestras estão sendo realizadas nessas escolas pela Polícia Militar. A ronda escolar no município é falha, e o comando da PM precisa dar atenção.

 

NOTA DA REDAÇÃO


ERRAMOS AO DIZER QUE A ESCOLA É A COTA LEONEL. CONFIRA A REALIDADE, COM NOSSOS PEDIDOS DE DESCULPAS: Na manhã desta terça-feira, 23, na verdade, Policiais Militares iniciaram palestras em escolas municipais, não estaduais como mencionamos.

 

De acordo com o 53º BPM/I, uma equipe de Ronda Escolar ministrou a palestra na Escola Estadual João Teixeira, um ciclo de palestras sobre o uso de álcool e cigarros.


Durante a instrução foram apresentadas as atribuições da Ronda Escolar, exposição da Lei 14.132/21 (Cyberbullyng) e da Lei nº 13.185/15 (Bullyng), inserção ao Código Penal, tipificação, pena e agravantes.


Também foram abordados questões comportamentais, cidadania, ética e diferenciação entre infratores e indisciplinados.


Ao todo participaram duas salas, onde os alunos fizeram uma ótima interação com os policiais para tirar dúvidas a respeito do tema, enfatizou o comando da PM em Avaré. Cadê o Conselho Tutelar?

Cegarra Imóveis

BOM DA PESCA

Santa Cruz – Funerária

CASA DO MECÂNICO

ADS

Meines

BELLA PIZZA

Modelar Box

LPNET

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *