Homem vivia cerca de 4 anos em situação sub-humana “encarcerado” pela família em Avaré - sudoestepaulista

Homem vivia cerca de 4 anos em situação sub-humana “encarcerado” pela família em Avaré

Casa em que cidadão estava não tinha água nem energia elétrica e estava em estado deplorável. Com 43 anos, vítima aparentava ter mais de 70.

Após ouvir gritos de pedidos de socorro vindos de dentro de uma casa, aparentemente abandonada, um vizinho acionou a Polícia Militar que se deparou com uma cena dantesca, onde um homem com problemas mentais estava “encarcerado” pela família há cerca de 4 anos. O horrendo caso foi registrado nesta terça-feira, 15, por volta das 12:59h, numa casa localizada no Bairro Jardim Planalto, em Avaré.

Segundo informações exclusivas obtidas pela redação do Portal do Sudoeste Paulista, após trabalhar nos EUA, o homem havia retornado ao Brasil, há cerca 4 anos, e acabou presenciado, ao seu lado, a morte do pai. Desde então, entrou em forte depressão e acabou isolado pela própria família.

Ainda de acordo com as informações não relatadas pelas autoridades, o homem acabou “abandonado” por familiares na casa, onde recebia comida que era deixada no portão, trancado com muitas correntes.

Quando resgatado pelos policiais, que tiveram trabalho para romper as correntes, o homem de 43 anos, mas com aparência de 70, chorou quando viu que seria resgatado e emocionou os policiais.

De acordo com os registros policiais e pelas imagens obtida pelo Portal, o homem vivia em completo estado de abandono, com a casa completamente suja e fétida. Segundo o vizinho, um carro vinha todo dia deixar comida no portão.

Para acessar a casa, os policiais precisar quebrar grossas correntes que trancavam o portão. Pela residência, os PMs encontraram o homem sobre um pedaço de espuma, nu, somente coberto por um pedaço de coberta. Letárgico, a vítima somente sussurrava, com partes do corpo geladas, sem higiene. A princípio, o homem nem respondia aos policiais, tamanha sua debilitação.

Muita sujeira, lixo acumulado por toda a casa que estava sem energia elétrica e água, fezes e incontáveis garrafa pets cheias de urina. “Situação extremamente precária e insalubre”, descreveu um dos policiais que participou do socorro.

Devidamente identificado, o homem foi socorrido pelo SAMU e levado ao Pronto Socorro. A Assistência Social foi acionada e provavelmente irá encaminhar o cidadão para tratamento psiquiátrico.

Os policiais conseguiram localizar um irmão do homem que não iremos revelar seu nome, por motivos éticos. Ele apresentou sua versão durante apresentação no Plantão Policial, onde foi elaborado registro de Maus Tratos e, conseguinte liberado. Um inquérito policial será instaurado para apurar as responsabilidades.

Homem vivia cerca de 4 anos em situação sub-humana “encarcerado” pela família em Avaré - sudoestepaulistaLocal onde o homem foi encontrado pelos policiais militares
Homem vivia cerca de 4 anos em situação sub-humana “encarcerado” pela família em Avaré - sudoestepaulista
Homem vivia cerca de 4 anos em situação sub-humana “encarcerado” pela família em Avaré - sudoestepaulista
Homem vivia cerca de 4 anos em situação sub-humana “encarcerado” pela família em Avaré - sudoestepaulista

Cegarra Imóveis

BOM DA PESCA

Santa Cruz – Funerária

CASA DO MECÂNICO

ADS

Meines

BELLA PIZZA

Modelar Box

LPNET

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *