Idosos que estavam no carro que caiu de ponte são retirados das águas do Rio Paranapanema - sudoestepaulista

Idosos que estavam no carro que caiu de ponte são retirados das águas do Rio Paranapanema

Segundo Polícia Civil que investiga o caso, o idoso e motorista do veículo tentava ultrapassar a carreta, provocando a tragédia.

Os três idosos que estavam no carro que caiu da ponte sobre o Rio Paranapanema, na Rodovia Raposo Tavares, foram resgatados por mergulhadores do Corpo de Bombeiros. Seus corpos estão sendo velados na tarde desta quarta-feira, 22, em Itaporanga e Avaré.

As vítimas são o motorista do carro Antônio Toledo do Amaral, de 79 anos, Antônia Rivera do Amaral, de 76 anos e esposa de Antônio, e Benedita da Silva Pereira, de 74 anos, prima de Antônia. Segundo parentes, eles estavam voltando para Manduri, onde residiam, depois de passarem alguns dias em Sorocaba.

O casal de idosos será velado no Velório Municipal de Itaporanga e o sepultamento está marcado para as 18h no Cemitério Municipal Papa João Paulo II.

Quanto a prima, Benedita Pereira está sendo velada desde as 10h30 no Velório Municipal de Avaré e será enterrada às 16h30 no Cemitério Municipal da cidade.

“Já estava tudo certo para a gente passar o Natal junto, o almoço de sábado, e aconteceu isso. A família está bem abalada, é uma perda muito grande, você não imagina a dor que é para a gente”, desabafou o genro do casal, Elson de Oliveira.

A Polícia Civil vai investigar as causas do acidente, mas inicialmente, obteve a informação de que o idoso e motorista do carro tentou ultrapassar o caminhão semirreboque na ponte, mas acabou batendo de frente com outro caminhão, um Mercedes Benz, que seguia no sentido contrário da rodovia.

Com a batida, o carro foi arremessado contra a carreta que tentou ultrapassar e ambos caíram no Rio Paranapanema. O carro foi retirado do rio ainda na terça (21), assim como os três corpos dos idosos.

O caminhão semirreboque continuava submerso até a tarde desta quarta-feira, 22. Equipes do Corpo de Bombeiros continuam as buscas para localizar o caminhoneiro.

Segundo a polícia, ele foi identificado como André Dias de Oliveira, de 42 anos. Ele é de Assis e estava indo para Ourinhos para entregar uma a carga de adubo. O motorista do primeiro caminhão atingido teve apenas ferimentos leves.

Familiares do motorista da carreta disseram que ele sempre dizer ter medo de cair de rios, por isso, não utilizava sinto de segurança, temendo justamente o que aconteceu.

O trabalho de resgate envolveu equipes do Corpo de Bombeiros de Itaí, Avaré, Piraju, Itapetininga e Sorocaba. O primeiro corpo retirado do rio foi o de Antônio, que estava entre o carro e o caminhão submersos a cerca de 13 metros de profundidade.

Segundo os bombeiros, o carro foi achado bastante destruído e as equipes retiraram as outras duas vítimas de dentro dele. A corporação também estuda uma forma de retirar o caminhão de dentro da água.

Um engenheiro do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) esteve no local do acidente e informou que a estrutura da ponte não foi comprometida. O DER disse que os danos aconteceram apenas no guarda-corpo, uma equipe de conservação iniciou os reparos nesta quarta-feira (22).

SS Consultoria

Cegarra Imóveis

BOM DA PESCA

Santa Cruz – Funerária

CASA DO MECÂNICO

ADS

Meines

BELLA PIZZA

Modelar Box

LPNET

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *