Na véspera do Dia das Mães, policiais salvam bebê de morte certa - sudoestepaulista

Na véspera do Dia das Mães, policiais salvam bebê de morte certa

Situação ocorreu em Avaré, no Jardim São Paulo. Com ajuda primordial da PM, mãe e filha podem comemorar o dia mais que especial.

.

É um dia muito especial, mas o destino gosta de pregar peças e, implacável, não perdoa nenhuma situação. Neste caso, não fosse a colaboração de policiais militares bem treinados, o desfecho poderia não ser tão feliz como ocorreu.


Em uníssono com as informações fornecidas pelo 53º BPM/I, uma mãe avareense passou por “maus bocados” com sua filha recém-nascida e, não fosse a ajuda, não de SAMU, ou algum órgão especializado em saúde, mas sim de policiais militares, a tragédia era iminente.


O caso ocorreu justamente na véspera desse Dia das Mães. Como o SAMU de Avaré está sucateado, sem ambulâncias (se você ver SAMU pela cidade, é certamente o SAMU Regional, já que a prefeitura de Avaré, abandonou o serviço), desesperada a mãe não hesitou em discar o 190.


O desespero: sua bebê recém-nascida, de apenas quatro dias de vida, engasgou durante amamentação e não conseguia respirar.


Assim que acionada, uma equipe da PM imediatamente respondeu, chegando rapidamente na residência, localizada no Jardim São Paulo.


Quando chegaram, os policiais se depararam com a criança sem respiração e cianótica.


Os procedimentos de urgência foram iniciados. Com uma técnica denominada de Heimlich, foi possível a desobstrução das vias aéreas do bebê e como consequência restabelecer sua respiração.


Assim que estabilizada a criança foi levada pela própria viatura policial, ao Pronto Socorro local, onde permaneceu em observação sob os cuidados médicos.


“Agora, essa mãe, de fato, pode comemorar o seu dia.” Salientou o departamento de comunicação da Polícia Militar.

Na véspera do Dia das Mães, policiais salvam bebê de morte certa - sudoestepaulista

Cegarra Imóveis

BOM DA PESCA

Santa Cruz – Funerária

CASA DO MECÂNICO

ADS

Meines

BELLA PIZZA

Modelar Box

LPNET

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *