O sonho "básico" porém improvável de uma itaiense, finalmente se tornou realidade - sudoestepaulista

O sonho “básico” porém improvável de uma itaiense, finalmente se tornou realidade

Através de um evento que levou dezenas de assistidos pela APAE e Lar São Judas, a uma tarde de alegrias, Fabiana finalmente realizou seu elementar desejo.

São pessoas especiais, mas penso que não é dó que carecem, mas como todo ser humano, precisam mesmo é ao menos do básico, como o amor e a empatia, mas para essas pessoas, o “básico”, é subjetivo. Dentre as dezenas de participantes de uma tarde recreativa, realizada em Itaí, envolvendo assistidos pela APAE e do Lar São Judas, o caso de Fabiana ilustra bem que o banal para muitos é um luxo para outros. Enquanto a maioria sonha com o básico, com uma renda melhor, um carro, com uma casa, o sonho dela? Basicamente descer de um escorregador.


Fabiana tem deficiência cognitiva e é paraplégica; então para ela o básico é sim algo subjetivo e banal para a maioria. Como no evento de iniciativa da Estação do Corpo de Bombeiros do município, haveria um grande escorregador inflável, essa seria a oportunidade ideal para Fabiana.


Em parceria com a APAE de Itaí, entidade que atende 65 crianças, jovens e adultos especiais e o Lar São Judas, casa de abrigo para 39 crianças e adolescentes, foi realizada na tarde dessa segunda-feira, 10, uma animada festa no recinto do Clube do Laço.


O SAMU, a Prefeitura Municipal, através da Secretaria da Cultura e empresários da cidade também contribuíram.


Os assistidos participaram junto de seus cuidadores e dos bombeiros, de atividades que envolveram cama elástica, carro de som, maquiagem de personagens, além de lanches, doces e refrigerantes e o tal do escorregador inflável, objeto de cobiça por parte de Fabiana, mas ao menos, até então, improvável de ser alcançado.


A jovem itaiense, que é atendida pela APAE, por suas limitações, mesmo com a ajuda de amigos e parentes, sempre foi algo praticamente impossível, entretanto, nessa oportunidade lá estavam os bombeiros, quatro bravos homens que tornaram o improvável, provável.


Comandados pelo Sargento Alexandre Monteiro, os bombeiros alçaram Fabiana, utilizando de seus conhecimentos e técnicas. Devidamente acomodada e em completa segurança na Maca Sked, ela finalmente pode realizar seu grande e “básico” sonho e suavemente desceu pelo escorregador.


Confira no link abaixo, o sonho de Fabiana sendo realizado:

Confira abaixo as imagens com a inesquecível tarde de alegrias realizado pela comunidade constituída de Itaí e assistidos das entidades APAE e Lar São Judas:
O sonho "básico" porém improvável de uma itaiense, finalmente se tornou realidade - sudoestepaulista O sonho "básico" porém improvável de uma itaiense, finalmente se tornou realidade - sudoestepaulistaO sonho "básico" porém improvável de uma itaiense, finalmente se tornou realidade - sudoestepaulistaO sonho "básico" porém improvável de uma itaiense, finalmente se tornou realidade - sudoestepaulista O sonho "básico" porém improvável de uma itaiense, finalmente se tornou realidade - sudoestepaulista O sonho "básico" porém improvável de uma itaiense, finalmente se tornou realidade - sudoestepaulista O sonho "básico" porém improvável de uma itaiense, finalmente se tornou realidade - sudoestepaulista

SS Consultoria

Cegarra Imóveis

BOM DA PESCA

Santa Cruz – Funerária

CASA DO MECÂNICO

ADS

Meines

BELLA PIZZA

Modelar Box

LPNET

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *