PM prende em Botucatu dupla que assaltou farmácia no centro de Avaré - sudoestepaulista

PM prende em Botucatu dupla que assaltou farmácia no centro de Avaré

Jovens de 18 e 25 anos contaram que usaram o dinheiro roubado para comprar crack em Cerqueira César

A Polícia Militar informou nessa tarde de segunda-feira, 6, que os suspeitos de roubarem a farmácia da Unimed, em Avaré, localizada a uma quadra da Igreja Matriz, foram identificados e presos.


Segundo a comunicação do 53º BPM/ na manhã deste domingo, 5, a Polícia Militar foi ao local assim que acionada. Na farmácia que fica no cruzamento da Rua Domiciano Santana com a Rua Goiás, os policiais foram informados de que dois homens entraram e anunciaram o roubo.


Fazendo menção de estarem armados, os ladrões foram ao caixa e pegaram aproximadamente R$ 1.200,00, mexeram em outras gavetas do balcão e rapidamente fugiram.


Desde então, a PM trabalhou no caso, buscando informações que levassem aos ladrões. Num local não informado, policiais encontram algumas vestimentas utilizadas no crime e documentos, porém os criminosos não foram encontrados naquele momento.


Todas as informações foram retransmitidas aos policiais militares da região, incluindo Botucatu, sede do 12º Batalhão de Polícia Militar do Interior, isso após surgirem indícios de que os infratores poderiam ter ido para a cidade vizinha, o que acabou de comprovando.


Na noite do mesmo domingo, os policiais de Botucatu encontraram os larápios. Eles estavam na rua Vitor Atti. Quando uma patrulha reconheceu as características físicas dos procurados.


Durante a abordagem os homens confessaram a prática do crime. Contaram que o dinheiro roubado teria sido gasto na compra de pedras de crack na cidade de Cerqueira César, onde pegarem o ônibus para a Botucatu.


Os ladrões, um de 18 anos e outro de 25, foram encaminhados à Polícia Civil, que registrou os fatos e os colocou à disposição da justiça.

Cegarra Imóveis

BOM DA PESCA

Santa Cruz – Funerária

ADS

Meines

Modelar Box

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *