Polícia Civil apreende em Avaré “lança-perfume da nova geração” - sudoestepaulista

Polícia Civil apreende em Avaré “lança-perfume da nova geração”

Rapaz de 22 anos foi preso com substância que seria vendida no Carnaval da cidade

Um homem de 22 anos, morador de Avaré, foi preso por policiais do Grupo de Operações Especiais (GOE) e da Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (DISE), na tarde desta quarta-feira, dia 19/2, por tráfico de drogas, após ser surpreendido ao sair de uma agência dos Correios, na área central da cidade, com uma embalagem contendo aproximadamente 13 gramas de “MDMA” (sigla para metilenodio ximetanfetamina), droga desenvolvida em laboratório, apresentada nas formas pastosa ou cristalizada, com alto poder alucinógeno e estimulante, conhecida como o “lança-perfume da nova geração”.

A ação foi desencadeada com base em uma denúncia anônima dando conta de que o investigado recepcionaria uma encomenda de substância entorpecente no local. A informação foi checada pelo serviço de inteligência da Polícia Civil e o jovem passou a ser monitorado. Com base em trabalho de campo e observação, uma campana foi montada e a prisão realizada com sucesso.

Segundo o boletim de ocorrência, o rapaz confessou ter comprado a droga por R$ 800,00. Disse ainda que pretendia revender o material durante os festejos de Carnaval. Ele explicou também que a droga é dissolvida em água, e que o líquido resultante desta mistura é que é consumido pelos usuários. A quantidade apreendida renderia cinco litros. Segundo o delegado Fabiano Ribeiro Ferreira da Silva, titular da DIG, cada grama do entorpecente é comercializado a cerca de R$ 150,00.

Ainda segundo a ocorrência, foi possível identificar no telefone celular do suspeito que a aquisição do MDMA foi feita através do aplicativo “Whatsapp”. O aparelho também foi apreendido e passará por perícia. O jovem está preso no Plantão Policial Permanente de Avaré e passará por audiência de custódia no fórum local. Se permanecer detido será transferido para o Centro de Detenção Provisória de Cerqueira César.

“MICHAEL DOUGLAS” – O MDMA, ou somente MD, também conhecida pelos “apelidos” de Michael Douglas, “Madonna” ou “Molly”, é uma espécie de nova versão do ecstasy, droga sintética chamada de “a pílula do prazer”.

Considerado por especialistas como um entorpecente mais puro, o MD já está no país há pelo menos 10 anos e transformou-se num dos combustíveis sintéticos mais procurados por jovens da classe média, tanto que ganhou o status de lança-perfume dos novos tempos. É personagem frequente em bailes funk e festas rave.

De acordo com a literatura médica, o seu consumo pode provocar diversos distúrbios no organismo, tais como como parada cardiorrespiratória, falência do fígado e hipotermia, que em casos extremos ocasionam a morte do indivíduo. Ou seja, os riscos são enormes, mas em grande parte desprezados pelos usuários.

Levantamento de órgãos de saúde do país publicado em reportagem do site “Veja Abril”, em novembro do ano passado, aponta que só no Estado de São Paulo, as apreensões desse tipo de droga tiveram crescimento de cerca de 360% no primeiro semestre de 2019 em comparação ao mesmo período de 2018.

Polícia Civil apreende em Avaré “lança-perfume da nova geração” - sudoestepaulistaCom alto poder alucinógeno e estimulante, a droga é conhecida como o “lança-perfume da nova geração”.

Cegarra Imóveis

BOM DA PESCA

Santa Cruz – Funerária

CASA DO MECÂNICO

ADS

Meines

BELLA PIZZA

Modelar Box

LPNET

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *