Projeto de teleconsultas médicas atenderá detentos de presídios de Bernardino, Cerqueira e Taquarituba - sudoestepaulista

Projeto de teleconsultas médicas atenderá detentos de presídios de Bernardino, Cerqueira e Taquarituba

TeleSAP visa promover a saúde de reeducandos do sistema prisional paulista por meio de atendimentos médicos remotos e de qualidade.

O projeto TeleSAP, que começou em 2022, entra na terceira fase de implantação. A previsão é que até a primeira quinzena de abril mais 35 unidades prisionais da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) tenham o atendimento médico remoto disponibilizado às pessoas privadas de liberdade, três delas da região de Avaré. Ao final de mais essa etapa de implantação serão 71 presídios do Estado de São Paulo participantes.


O TeleSAP tem como objetivo promover a saúde dos reeducandos por meio de atendimentos médicos de qualidade com o uso da tecnologia e é uma parceria da SAP, por meio da Coordenadoria de Saúde do Sistema Penitenciário (CSSP), com a Secretaria de Estado da Saúde (SES).


Em 2022, foram realizadas 723 teleinterconsultas disponibilizadas em 10 especialidades, sendo elas: Cardiologia, Endocrinologia, Gastroclínica, Hematologia, Infectologia, Nefrologia, Neurocirurgia, Neurologia, Psiquiatria e Ortopedia.


Cabe destacar, ainda, que a CSSP realiza monitoramento contínuo do projeto a fim de que possa ser aprimorado e ampliado de acordo com as demandas do sistema prisional.


Segundo a Diretora do Grupo de Planejamento e Gestão de Atenção à Saúde da População Prisional (GPGASPP), Simone Pacheco Gomide da Silva, “o Projeto TeleSap se revela como ferramenta promissora de acesso e ampliação de atendimentos médicos e promoção da saúde da população prisional”.


Para uma boa utilização da plataforma usada nos agendamentos e consultas, a SES capacitou, com treinamento, gestores dos Centros Regionais de Atenção à Saúde da População Prisional (CRASPPs) e os gestores de saúde das unidades prisionais e médicos.


Presídios da região Sudoeste Paulista


Na região de Avaré, os seguintes estabelecimentos penais irão aderir ao projeto nesta terceira fase: Centro de Detenção Provisória de Cerqueira César, Penitenciária de Bernardino de Campos e Penitenciária de Taquarituba.


Nas primeiras etapas do TeleSAP, foram contempladas quatro unidades prisionais da região, são elas: penitenciárias I (Dr. Paulo Luciano de Campos) e II (Nelson Marcondes do Amaral) de Avaré; Penitenciária “Orlando Brando Filinto” de Iaras; e Penitenciária “Cabo PM Marcelo Pires da Silva”, de Itaí.


Telemedicina: a inovação que ganhou força na pandemia


A Telemedicina é uma modalidade de serviço que amplia a oferta de atendimento na área da saúde de forma geral, visando estabelecer o contato simultâneo entre pacientes e profissionais da área médica que estão em locais distintos. Com essa tecnologia, é possível realizar consultas, otimizando o tempo e reduzindo custos operacionais.

Projeto de teleconsultas médicas atenderá detentos de presídios de Bernardino, Cerqueira e Taquarituba - sudoestepaulistaReeducandos poderão ser atendidos por médicos especialistas por meio de videochamadas

SS Consultoria

Cegarra Imóveis

BOM DA PESCA

Santa Cruz – Funerária

CASA DO MECÂNICO

ADS

Meines

BELLA PIZZA

Modelar Box

LPNET

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *