Servidor público acusado de chefiar quadrilha para roubar combustível da Prefeitura de Avaré é preso pela Polícia Civil - sudoestepaulista

Servidor público acusado de chefiar quadrilha para roubar combustível da Prefeitura de Avaré é preso pela Polícia Civil

Roubo de óleo diesel, provocou problemas no transporte escolar. Um comparsa também foi preso.

A Delegacia de Investigações Gerais – DIG de Avaré, chefiada pela Dr. Fabiano Ribeiro Ferreira da Silva, desencadeou na manhã desta 3ª feira, 5, uma ação policial visando desarticular uma suposta Associação Criminosa responsável pelo desvio e comercialização de combustíveis pertencentes à Prefeitura Municipal de Avaré.


A ação policial resultou na prisão em flagrante de 2 indivíduos que foram surpreendidos durante uma transação envolvendo a comercialização de cerca de 100 litros de óleo diesel. Um dos autuados é servidor público municipal e apontado como líder do esquema que pode envolver uma quadrilha.


A investigação policial, que já dura cerca de três meses, teve início após o recebimento de informações relacionadas à existência de farto desvio de combustíveis junto à Garagem da Prefeitura.


Com base nas informações recebidas houve a instauração de Inquérito Policial para a apuração dos fatos e consequente realização de diligências e com trabalho da inteligência policial, foi permitido a comprovação dos delitos apontados nas informações iniciais, a identificação dos envolvidos e ainda o melhor entendimento do modus operandi do bando.


A quadrilha agia de maneira simples, mas devidamente organizada. Parte responsável pela subtração recorrente e transporte dos combustíveis da Garagem Municipal e a outra que os adquiria por valores módicos.


As apurações indicam que a Associação Criminosa causou grande prejuízo ao erário público municipal, ressaltando inclusive a notícia recente de falta de óleo diesel para o abastecimento dos veículos escolares.


As investigações, que desde o seu início contaram com a colaboração da Administração Municipal, através do Secretário de Serviços, César Augusto Morelli, persistem até a devida identificação e responsabilização de todos os possíveis integrantes da Associação Criminosa.


Os indivíduos foram autuados em flagrante pelos crimes de Associação Criminosa, Peculato, Receptação e ainda de Porte Ilegal de Arma de Fogo (face à apreensão de duas armas em poder do servidor público). Eles permanecem presos aguardando audiência de custódia.


Colaborou: Alexandre Aurani – Comunicação da Seccional de Polícia Civil de Avaré

Cegarra Imóveis

BOM DA PESCA

Santa Cruz – Funerária

ADS

HOMEBASE

Meines

Modelar Box

1 responder
  1. Tiago
    Tiago says:

    Primeiramente a notícia deste veículo de comunicação está equivocada, não ouve crime de roubo, e não foi detectado no curso processual que o funcionário público é chefe de uma quadrilha, peço para que está reportagem possa se retratar pela manchete totalmente destorcida.

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *