Tamanduá-bandeira é resgatado de dentro da garagem municipal de Avaré - sudoestepaulista

Tamanduá-bandeira é resgatado de dentro da garagem municipal de Avaré

Bombeiros foram acionados e levaram o animal de volta a seu habitat natural.

Incrível a sorte desse cara! Ele adentrou a cidade de Avaré, passou certamente pela rodovia e por dezenas de quarteirões, correndo o risco de atropelamento e de ser morto por cachorros. Esse tamanduá-bandeira, pode ser chamado de um cara de sorte.

De acordo com a corporação, a Estação do Bombeiros de Avaré foi acionada durante a madrugada, mais precisamente as 03:50hs, desta quinta-feira, 4, por funcionários da Garagem Municipal da Prefeitura de Avaré, onde ele acabou se alojando.

O tamanduá, um indivíduo adulto e aparentemente saudável, foi cuidadosamente capturado pelos bombeiros e solto em habitat natural, nas imediações do aeroporto municipal de Avaré, local de incidência dessa espécie devido as pastagens e grande quantidade de cupinzeiros (seu alimento principal) que está inserida na famigerada lista de animais ameaçados de extinção.

Na região, os principais inimigos do tamanduá-bandeira é a degradação das matas remanescentes e dos atropelamentos, recorrentes nas rodovias João Mellão, Eduardo Saigh e Salim Curiati.

O Tamanduá-Bandeira

De acordo com o site biologianet.com, Tamanduá é o nome popular de um grupo de animais mamíferos pertencentes à superordem Xenarthra e ordem Pilosa. Nessa ordem, está presente, também, a preguiça. São conhecidas quatro espécies de tamanduás distribuídas em duas famílias: Tamanduaí, o Tamanduá-Bandeira, Tamanduá-Mirim e o tamanduá-do-norte.

O tamanduá alimenta-se geralmente de insetos, no entanto, na natureza, a alimentação desses animais é mais diversificada, podendo incluir também sementes. Apresentam membros torácicos fortes, musculatura desenvolvida e garras fortes que os auxiliam na quebra de cupinzeiros, por exemplo, em busca de alimentos. As garras também são utilizadas como um meio de defesa.

A reprodução do tamanduá ocorre em diferentes épocas, variando entre as espécies. O período gestacional também é variável, podendo durar até 190 dias. O animal pode alcançar cerca de 2 metros de comprimento e pesar cerca de 39 kg.

Segundo a Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais (IUCN), o tamanduá-bandeira está classificado como vulnerável. Um dos fatores responsáveis pelo declínio da população é o regime de fogo que ocorre nas áreas habitadas por essa espécie, como o Cerrado.

Cegarra Imóveis

BOM DA PESCA

Santa Cruz – Funerária

CASA DO MECÂNICO

ADS

Meines

BELLA PIZZA

Modelar Box

LPNET

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *