Touro escapa, avança contra o público e fere ao menos 13 pessoas na Emapa Avaré - sudoestepaulista

Touro escapa, avança contra o público e fere ao menos 13 pessoas na Emapa Avaré

Fato aconteceu na noite deste domingo, 10. Crianças estão entre as vítimas. Confira o vídeo.

Provavelmente devido a um erro de manejo, por pouco a Emapa 2023, de Avaré, não terminou em tragédia. Um touro enfurecido escapou da área dos bretes e invadiu o local onde estava o público.


Havia acabado o rodeio há pouco tempo e o povão esperava pelo show de Ana Castela, quando a fera escapou.


Nas imagens feitas por um expectador e postado na web, mostra o touro adentrando o recinto pela lateral da arena e entre as arquibancadas.


O touro foi abrindo passagem e meio a multidão que estava aglomerada no local. As imagens com o link logo abaixo impressionam, como também mostram que não havia nenhuma barreira de proteção do local onde os animais eram manejados e o grande público.


A Confederação Nacional De Rodeio (CNAR), responsável pelo ocorrido, emitiu uma nota em que lamenta o episódio e esclarece que o touro escapou durante o processo de embarque no caminhão.


Segundo a nota divulga nessa manha de segunda-feira, 11, a equipe responsável pelo rodeio foi prontamente acionada para conter o animal. Grades móveis foram utilizadas para isolar o boi. Após a ação dos laçadores, o mesmo foi rapidamente reconduzido ao espaço de manejo sob o palco.


Treze pessoas foram levadas ao Pronto Socorro Municipal, conforme a informações da organização do evento. “Todas já tiveram alta. A Comissão Organizadora da 53ª Emapa esclarece que o incidente aconteceu antes do show da cantora Ana Castela, cuja apresentação aconteceu normalmente.”


Postagens nas redes sociais mostram alguns casos de feridos, inclusive envolvendo crianças. Há relatos de pessoas com escoriações, outras com fraturas e muita gente assustada com o ocorrido.

 

Cegarra Imóveis

BOM DA PESCA

Santa Cruz – Funerária

ADS

Meines

Modelar Box

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *